top of page

[VIDA!] Recomeço!

Atualizado: 14 de fev.

De usuário de drogas a um homem digno

 

Demtrius da Rosa comecou a usar maconha com apenas 12 anos, com o passar do tempo se envolveu com alcool e drogas mais pesadas. Aos  20 anos passou a usar crack, sofreu com depressão e outros problemas. "O  vício é uma escravidão, é difícil a pessoa se reconhecer e perceber que precisa de ajuda", desabafa


Em 2012 chegou a ser internado para se libertar do vicio mas teve uma recaída. Em 2020 deu entrada na Comunidade Terapêutica na Palhoça, um projeto do Nurrevi Brasil,  para tratamento. Ele ressalta que a forma como se sentiu acolhido fez toda diferença nesse processo. " fui muito bem recebido pelo Pastor Mauro Jaques e a coordenadora Sharon,  e isso foi fundamental,porque chega um momento que tu precisa admitir que só com ajuda de Deus para se libertar".


Segundo ele nessa segunda internação ele viu uma oportunidade e precisava se agarrar nela. "Eu recebi um toque de Deus, comecei a encher minha mente com a palavra de Deus, aos poucos fui ajudando nas rotinas da casa, buscar alimentos na Ceasa, ir a igreja e tudo isso foi me fortalecendo. "


Após o tratamento Demetrius ainda precisou ficar um tempo numa casa de apoio mantida pelo Nurrevi Brasil até conseguir reestruturar sua vida .


Hoje, com 42 anos ele celebra uma nova história:

"Foram 20 anos de luta, mas valeu a pena porque Deus foi restaurando minha vida,  e, aos poucos, tudo foi voltando para o lugar."  


Há 2 anos e meio, Demtrius trabalha como gari na prefeitura de São José e se considera um novo homem.


"Se eu pudesse resumir tudo em palavra, seria gratidão a Deus e ao Nurrevi por tudo que tenho e sou hoje. "





12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page