top of page

Centro de Convivência Dia

O Nurrevi Brasil dá início ao projeto “Centro de Convivência Dia” com em Florianópolis.


O Presidente do Nurrevi Brasil, Pastor Roberto Ramos, assinou na tarde desta quarta-feira, 27 de março, o início do Projeto Centro de Convivência Dia em Florianópolis.


A cerimônia ocorreu na Passarela da Cidadania e contou com a presença do prefeito Topázio Neto, do Secretário de Assistência Social de Florianópolis, Leandro Lima, além de outras autoridades municipais.


O Centro de Convivência Dia é uma iniciativa que oferece um leque de oportunidades para pessoas em situação de rua na capital. Através de oficinas, minicursos e atividades diversas, o CCD busca promover a capacitação profissional, a inclusão social e o bem-estar individual.


Inicialmente, 150 pessoas poderão participar de atividades como educação física, artes, dança, teatro, além de ter acesso a oficinas de luthieria, marcenaria, fotografia e educação ambiental, entre outras.


No espaço, que vai funcionar de segunda a domingo, das 7h às 19h, também haverá uma lavandeira industrial, onde cada usuário vai lavar sua própria roupa.


Além das oficinas e atividades, serão oferecidos cursos práticos de capacitação que irão preparar 50 desses usuários do centro para participação no programa Parceiros da Cidade. A proposta vai ofertar R$72 por dia trabalhado em áreas como jardinagem, limpeza urbana, pintura e zeladoria.


Em seu discurso, o prefeito Topázio Neto destacou que sua gestão está construindo uma história muito bonita para pessoas em situação de rua em Florianópolis. "Através do centro de convivência, queremos dar novas possibilidades a essas pessoas em situação de rua, nossa meta é que em 9 meses esse cidadão possa renascer, alcançar a dignidade através de uma oferta de trabalho e resgatar os vínculos familiares."


O Secretário de Assistência Social de Florianópolis, Leandro Lima, explicou que a ideia da construção do centro de convivência partiu de uma experiência que a gestão municipal teve em São Paulo e a partir daí o projeto foi melhorado e adequado para contemplar a realidade da capital. "A gente avança num cenário importante, essas pessoas precisam trabalhar, elas não podem ficar nas ruas como estão, então através do CCD vamos resgatar essas vidas, essa é a nossa ideia."


O presidente do Nurrevi Brasil, Pastor Roberto Ramos, destacou que o centro terá muitas ações e vai funcionar nos 7 dias da semana num ambiente seguro e acolhedor. “Mais do que oferecer cursos ou atividades, o principal objetivo é ressocializar cada uma dessas vidas, para que elas conquistem novamente a dignidade.”


A inauguração do CCD está prevista para o final do mês de abril.




20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page